Capoeira é pra homen, menino e mulher…

No segundo dia de oficina com o Mestre Chaminé, reúnimos os núcleos de Vitória, do Quilombo e Jesus de Nazareth.

Foi uma manhã muito especial onde, Chaminé comandou a galera mais “teen” do Quilombo com o ensaio da coreográfia de dança Afro, que futuramente será apresentada na Festa de São Judas Tadeu. Equanto isso os alunos de Vitória treinavam uma série variada de movimentos com o restante das crianças, onde o mais legal foi observar a interação, através do treino de angola, entre crianças de duas comunidades distintas: Quilombolas e as crianças do morro.

Fechando sempre com chave de ouro, uma grande roda de angola com toda a turma e muito axé! As crianças como sempre se amarraram e nós, como sempre, ficamos super satisfeitos de poder ver a felicidade das crianças.

Nesses encontros podemos ver de forma mais tangível o quanto o movimento é grande, e como vem ganhando força aqui no estado. Graças aos esforços principalmente da nossa querida Afoita, Chaminé e toda a turma.

Rafaeli

No lanchinho: Ananda e “Anandinha”


Oficina Angola com Mestre Chaminé


O primeiro dia da oficina de Capoeira Angola com Mestre Chaminé foi de “suar a camisa”. De acordo com ele, foi um treino leve, só pra aquecer.

Contamos com a presença de algumas das crianças do núcleo de Jesus de Nazareth, de alguns angoleiros de valor, que por motivos de força maior, não estão presentes no dia-a-dia do grupo, e também recebemos três participantes que nunca fizeram capoeira antes, imaginem o desafio… se saíram muito bem, afinal aguentaram o tranco.
A oficina encerou com chave de ouro, a roda alto astral como sempre e cheia de axé. É sempre um prazer enorme receber nosso mestre aqui em Vitória, jogar com ele, vê-lo jogar e principalmente receber seus preciosos ensinamentos.
E amanhã tem mais! As 16:00 estaremos lá para a segunda parte da oficina.
Axé angoleiros!!!


Oficina de Capoeira Angola
ESCOLA EDNA DE MATTOS SIQUEIRA GAUDIO
R. Araújo Padilha, 25 – Jesus de Nazareth
Dias 19 e 20 de setembro/2009
das 16h às 18:30.
Grupo de Capoeira Angola Volta ao Mundo
MESTRE CLÁUDIO CHAMINÉ
Contato:
Trenel Afoita (Ananda) 9274 9634 ou

e-mail: anandacoutinho@ig.com.br

Dia de Conscientização e Coleta de Lixo no Quilombo

Sábado, 12 de Setebro de 2009.

Comunidade Quilombola de Retiro de Mangaraí, Santa Leopoldina.
O dia começou cedo e chuvoso para o grupo que se deslocou de Vitória para o Quilombo esta manhã. 
As atividades previstas: 
Palestra de conscientização sobre o consumo de energia. Com a participação dos responsáveis pelo apoio da EDP e Energias do Brasil.
Palestra sobre lixo e reciclagem. Com a participação de especialista do IEMA.
E o multirão de coleta de lixo em pontos estratégicos da comunidade Quilombola de Retiro.
Contamos com a participação dos integrantes do grupo Volta ao Mundo de Vitória e do quilombo, assim como outros integrantes da comunidade e do grupo de jovens.
Recebemos os participantes com uma mesa de café da manhã repleta de delícias, que já conhecemos, produzidas pelos quilombolas, e o tempo das palestras foi suficiente para que a chuva estiasse e pudessemos meter a mão na massa “literalmente”. 
Munidos de sacolas de plástico e luvas, as crianças e adultos se dividiram em grupos e começaram a coleta. Foram retiradas aproximadamente quarenta sacolas de lixo cheias, mais alguns entulhos. Dentre os tipos de lixo mais  encontrados  estão:  as garafas PET, embalagens plásticas de todos os tipos e garrafas de vidro muitas vezes quebradas, um perigo visto que se espalham por lugares onde pessoas transitam descalças. Os locais onde a concentração de lixo é mais crítica é entre os cafezais.
A coleta de lixo e a preservação do meio ambiente para essa comunidade é muito importante, visto que dependem diretamente da terra e dos recursos provenientes dela e dos rios. Além do que sua sustentabilidade no futuro se baseia nas boas condições das áreas conservadas para exploração do turismo, que é parte do planejamento para a melhoria, ampliação e geração de oportunidades dentro da comunidade para o futuro dos jovens.
Ao fim das atividades relaxamos em um momento artístico através da confeção de placas coloridas e cheias de atitude para chamar atenção e conscientizar as pessoas para a questão do lixo, afinal lugar de lixo é na lixeira.