Lançamento do livro "Mestre João Grande: na roda do mundo"

Hoje é o Dia Mundial da Água, Voce sabe qual é sua Pegada Hídrica?

Qual a sua Pegada Hídrica? — EcoDesenvolvimento – Sustentabilidade, Meio Ambiente, Economia, Sociedade e Mudanças Climáticas.

Também no FACEBOOK,nos add!

O Quilombola

Promova sua página também

QUILOMBLOCO * Carnaval O Quilombola 2011: cheio de energia! *

Marchinhas para animar a festa!!! (abaixo)

Hoje o quilombo de Retiro estava em ritmo de festa! Quilomblacks nesta manhä reunidos para o ensaio geral do QUILOMBLOCO. Aprenderam os ritmos da marchinha e as letras, enquanto um outro grupo participou de uma oficina de instrumentos reciclados.

‘Essas criancas possuem muita facilidade para aprender música brasileira’

Afirma o professor de musica, Rodrigo Souza que conduziu a banda hoje.


Ao final do ensaio todos se fantasiaram e levando seus instrumentos colocaram o seu bloco na rua.

EXPLODE QUILOMBLACK!!!
Rodrigo Souza é aluno do 8 período da FAMES e é professor do Pró-Jovem, ele participou da campanha ‘Voluntário Por Um Dia’ do Quilombola. Participe também, todos podem ser voluntários por um dia, envie um e-mail para : oquilombola@gmail.com

Projeto O Quilombola

Carnaval 2011

1- SAMBA LELE

Folclore Brasileiro

Samba Lelê tá doente

Tá com a cabeça quebrada
Samba Lelê precisava
É de uma boa lambada

Samba, samba, samba, ô Lelê
Samba, samba, samba, ô Lalá
Samba, samba, samba, ô Lelê
Pisa na barra da saia, ô Lalá

2- ABRE ALAS
Chiquinha Gonzaga, 1899

Ó abre alas que eu quero passar
Ó abre alas que eu quero passar
Eu sou Quilomblack não posso negar
Eu sou Quilomblack não posso negar

Ó abre alas que eu quero passar
Ó abre alas que eu quero passar
O Retiro é que vai ganhar
O Retiro é que vai ganhar

3- ALLAH-LÁ-Ô
Haroldo Lobo-Nássara, 1940

Mas que calor, ô ô ô ô ô ô
Atravessamos o deserto do Saara
O sol estava quente
Queimou a nossa cara

Viemos do Egito
E muitas vezes
Nós tivemos que rezar
Allah! allah! allah, meu bom allah!
Mande água pra ioiô
Mande água pra iaiá
Allah! meu bom allah

4-CABELEIRA DO ZEZÉ
João Roberto Kelly-Roberto Faissal, 1963

Olha a cabeleira do zezé
Será que ele é
Será que ele é

Será que ele é bossa nova
Será que ele é maomé
Parece que é transviado
Mas isso eu não sei se ele é

Corta o cabelo dele!
Corta o cabelo dele!

5- A JARDINEIRA
Benedito Lacerda-Humberto Porto, 1938

Ó jardineira porque estás tão triste
Mas o que foi que te aconteceu
Foi a camélia que caiu do galho
Deu dois suspiros e depois morreu

Vem jardineira vem meu amor
Não fiques triste que este mundo é todo seu
Tu és muito mais bonita
Que a camélia que morreu

6- Ô BALANCÊ
Braguinha-Alberto Ribeiro, 1936

Ô balancê balancê
Quero dançar com você
Entra na roda morena pra ver
Ô balancê balancê

Quando por mim você passa
Fingindo que não me vê
Meu coração quase se despedaça
No balancê balancê

Você foi minha cartilha
Você foi meu ABC
E por isso eu sou a maior maravilha
No balancê balancê

Eu levo a vida pensando
Pensando só em você
E o tempo passa e eu vou me acabando
No balancê balance

7- MAMÃE EU QUERO
Jararaca-Vicente Paiva, 1936

Mamãe eu quero, mamãe eu quero
Mamãe eu quero mamar
Dá a chupeta, dá a chupeta
Dá a chupeta pro bebe não chorar

Dorme filhinho do meu coração
Pega a mamadeira e vem entrá pro meu cordão
Eu tenho uma irmã que se chama Ana
De piscar o olho já ficou sem a pestana

Olho as pequenas mas daquele jeito
Tenho muita pena não ser criança de peito
Eu tenho uma irmã que é fenomenal
Ela é da bossa e o marido é um boçal

8- ME DÁ UM DINHEIRO AÍ
Ivan Ferreira-Homero Ferreira-Glauco Ferreira, 1959

Ei, você aí!
Me dá um dinheiro aí!
Me dá um dinheiro aí!

Não vai dar?
Não vai dar não?
Você vai ver a grande confusão
Que eu vou fazer bebendo até cair
Me dá me dá me dá, ô!
Me dá um dinheiro aí!

9- CACHAÇA
Mirabeau Pinheiro-Lúcio de Castro-Heber Lobato, 1953

Você pensa que cachaça é água
Cachaça não é água não
Cachaça vem do alambique
E água vem do ribeirão

Pode me faltar tudo na vida
Arroz feijão e pão
Pode me faltar manteiga
E tudo mais não faz falta não
Pode me faltar o amor
Há, há, há, há!
Isto até acho graça
Só não quero que me falte
A danada da cachaça

Projeto O Quilombola: Entra 2011 com o pé direito

Nesta semana o projeto O Quilombola, através da Ong Voz da Natureza, recebeu em São Paulo do Instituto EDP o certificado de parceira no programa EDP Solidária, que apoia projetos voltados à educação e ao desenvolvimento social em comunidades brasileiras.
Foi com grande honra que recebemos este certificado pela segunda vez e a maior VITÓRIA, sermos contemplados pelo edital para um terceiro ano de projeto!!!
“Sonho que se sonha só, é só um sonho. Mas sonho que se sonha junto é realidade”
Raul Seixas

Agradecimentos:
AMOR
EDP
Instituto EDP
Associação Ambiental Voz da Natureza
Capoeira Angola Volta ao Mundo

E especialmente ao grande exemplo de transformador comunitário Prof.Coutinho (in Memoriam). Conheça, inspire-se: