Comunidade Quilombola de Retiro

Trabalho no quilombo do Grupo de capoeira Volta Ao Mundo

 

 

2014 Um ano do caralho!

Um ano em 365 segundos. Foi preciso comprimir muito para colocar em um vidêo as atividades deste ano que foi do caralho!

Vadiar também é brincar

Abaixo o video feito pelo capoeirista  Huemerson do encontro das crianças da escola de jesus de nazaré com as crianças do quilombo !

Uma oficina muito especial regida pelo mestre Marrom!

ou quem sabe goste das fotos!

no images were found

Evento

Somos todos Benvindos
Conta a história da comunidade quilombola de Retiro e a saga de seu patriarca, o escravo Benvindo Pereira dos Anjos.
A peça foi escrita pelo próprio elenco, composto por crianças e adolescentes da comunidade, que através da transmissão 
de conhecimentos de seus antepassados, criaram de seu ponto de vista, a história  que deve continuar viva para que mais 
pessoas a conheçam.
O mini-espetáculo de artes integradas reúne teatro, música, dança e mídias que resgatam os elementos que representam suas 
origens e modo de vida. Trazendo a participação do Antropologo e Prof. Osvaldo Martins, responsável pelo resgate histórico, direção 
de Suely Bispo, produção por Lizandra Motta e grande elenco.

O Resgate histórico vivênciado Dia-após-dia.

O Resgate histórico vivênciado Dia-após-dia.

Desvendando e aprofundando nos conhecimentos antepassados da comunidade de Retiro.

A segunda oficina de história aplicada pelo Dr. Osvaldo aconteceu no sábado dia 9 de julho de 2011. Os participantes da primeira oficina compareceram animados para mostrar o resultado das pesquisas que desenvolveram durante o período entre oficinas. Para as crianças mais novinhas ele havia pedido que desenhassem como imaginavam o Benvindo, inspirados em uma foto que tinha de um dos filhos do próprio Benvindo, chamado Jorge, que os mais antigos diziam se parecer muito com o pai. Os desenhos ficaram lindos e todos muito emocionados com o resultado e interesse das crianças. Algumas adolescentes ficaram de procurar fotos de avós, bisavós e até tataravós com os parentes mais antigos e procurar saber deles um pouquinho da história dessas pessoas.

Outros membros da comunidade aproveitaram o momento para perguntar mais curiosidades sobre seus antepassados com o Professor, que contou muitas outras histórias.

Esta segunda aula foi muito emocionante, houve até um lanche quilombola, cuzcuz de tapioca e bolo de aipim, preparado pela dona Filinha, figura antiga e ilustre da comunidade, e sucos naturais que a Rosi fez, sem falar do típico cafézinho.

E para ficar registrado não somente em nossas memórias, estes momentos foram registrados em câmera por mim, assim quem assistir os videos poderá saber um pouquinho mais das estórias e curiosidades dessa comunidade tradicional. Estamos editando e em breve estaremos postando esses videos e outros.

No próximo post, traremos notícias de como foi a 1ª Oficina de Teatro com a Atriz capixaba Suely Bispo e muitas novidades !

Projeto Somos todos Benvindos

11

Nossas Raízes Africanas e Afro-Brasileira: memória e transmissão cultural

O Quilomblack, através do projeto “Somos todos Benvindos” promoveu na comunidade quilombola de Retiro, duas oficinas de história com Dr. Osvaldo Martins, Professor de Antropologia da UFES; concluíndo a primeira fase deste projeto.

Visite:

http://portalyah.com/nucleos/nossas-raizes-africanas-e-afro-brasileira-memoria-e-transmissao-cultural/

QUILOMBLACK é núcleo de criação do PRCJ

Mais uma conquista do grupo é integrar o Núcleo de Criação do Projeto Rede Cultura Jovem.
O grupo foi comtemplado pelo edital com o Projeto de um mini-espetáculo teatral com artes integradas, remontando a história da comunidade de Retiro, dentro de um contexto histórico cultural afro-basileiro. O nome é “SOMOS TODOS BENVINDOS”, fazendo um trocadilho com o nome do patriarca da comunidade “Benvindo Pereira dos Anjos, do qual a comunidade é herdeira.
Primeira oficina do Projeto “Somos todos Benvindos”
Este projeto é de extrema importancia para o núcleo de criação – Quilomblack, e para a comunidade, já que proporciona um espaço de aprendizagem de história africana e da história da comunidade de Retiro.
O Dr. Osvaldo (antropologo e estudioso da comunidade de Retiro) é o responsável pelas oficinas de resgate histórico, “bem vindos ás nossas raízes”.
Dr. Osvaldo
Este projeto acima de tudo promove a troca de experiências e repasse dos conhecimento tradicionais da comunidade aos mais novos. Sem contar com a oportunidade de aprender sobre teatro e encenar sob a direção da teatróloga e historiadora Suely Bispo.

Daniela

Vivências na mata de Retiro- Marcação das árvores para futura construção da casa de estuque que será o Museu Quilombola


Dia de sol, fresco, perfeito para uma excursão na mata de Retiro!

A turma animada de 20 pessoas soube aproveitar bem a oportunidade para aprender com os guardiões do conhecimento: o Sr. Mário com a ajuda da Tia Filinha (anciãos de Retiro), os primeiros passos para fazer uma casa de estuque: a escolha das árvoresna mata!

Quem ouviu suas explicações entendeu o porquê do camará-uçu (ou camaruçu) poder ser usado para fazer acumeeira da casa, mas não pode ser usada para fazer os esteios, ao invés de outra espécie aparentemente igual, mas que não faria a casa tão resistente. A parte que todo mundo pôde aprender na prática foi na hora da demonstração da abertura da palha para fazer um telhado. Os adultos, como Marina e Erivelton também ajudaram a mostrar para a criançada como é interessante aprender o saber tradicional. Que em outros tempos se faziam mutirões com homens e mulheres para ver quem abria mais palha quando na construção de uma casa.
Ao final de duas horas e meia de caminhada, que a Tia Filinha com seus 82 anos deixou os mais novos de boca aberta pela sua resistência, chegamos à cachoeira nos limites da comunidade, que atravessamos de mãos dadas mostrando que a união faz a força. Aguardem próximos capítulos dessa missão de fazermos uma casa de estuque para tornar-se futuro museu quilombola de Retiro!!! Por Ananda B. Coutinho – Coordenadora Pedagógica

Coisas nossas…: ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA – E LÁ SE VÃO, 120 ANOS!

Coisas nossas…: ABOLIÇÃO DA ESCRAVATURA – E LÁ SE VÃO, 120 ANOS!

13 de maio no quilombo: Debates e troca de experiëncias.


Neste sábado, 14 de maio celebramos a “abolição da escravatura” com a devida atenção, relembrando detalhes desta história tão controversa debatemos o assuntos com os Quilombolas de Retiro.

Crianças, adolescentes e jovens da comunidade relembraram fatos desta data e debateram o papel dela nos dias de hoje. Aproveitando para ouvir os saberes do “Seu Mario” patriarca da comunidade a respeito do assunto.
Acima o texto que usamos para abordar os diferentes tópicos a respeito. De um outro blog.